▸ Agenda Cultural ▸ Artigos ▸ Carnaval ▸ Celebridades ▸ Cotidiano ▸ Cultura ▸ Destaques ▸ Economia ▸ Educação ▸ Entretenimento ▸ Esporte ▸ Eventos Sociais ▸ Festival Folclórico de Parintins ▸ Internacional ▸ Justiça ▸ Lazer ▸ Meio Ambiente ▸ Nutrição ▸ Odontologia ▸ Polícia ▸ Política ▸ Religião ▸ Saúde ▸ Tecnologia ▸ TRANSPORTES ▸ Turismo

Notícias
Compartilhar Imprimir

Política | REGULAMENTAÇÃO | 12/02/2019 | 16:15 | Por: Portal Flagrante

Adjuto Afonso cobra regulamentação da navegação no Estado do Amazonas

 
O deputado Adjuto Afonso (PDT) cobrou novamente a falta de regulamentação para a navegação no Estado do Amazonas, o que dificulta a fiscalização de transportes fluviais e impede financiamentos para os armadores por conta da ausência da normas. O comentário do parlamentar foi feito na manhã desta terça-feira, 12, em aparte ao deputado Roberto Cidade (PV), atual presidente da Comissão de Transporte, Trânsito e Mobilidade, da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).
 
"É um assunto que há tempos eu venho discutindo aqui nessa Casa. O Estado do Amazonas é o único que não tem navegação regulamentada, e nós temos o maior rio do mundo, é inaceitável. Isso faz com que investimentos do Fundo da Marinha Mercante não venham para o Amazonas, sem contar com a dificuldade para fiscalizar as embarcações. Eu fico feliz em saber que vamos somar forças nesse tema, que possamos retomar de imediato essa discussão nesta Casa", disse Adjuto Afonso, reportando-se ao colega deputado Roberto Cidade.
 
O parlamentar destacou, ainda, com preocupação, que o Governo Federal pensa em extinguir o escritório local da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), órgão que atua no segmento marítimo do Estado. Ele afirmou que existe um Projeto na Casa Civil que trata da regulamentação da navegação, mas que está parado no órgão. 
 
Frente Parlamentar e desenvolvimento econômico
 
O deputado Adjuto Afonso é autor da Resolução Legislativa 588, que instituiu a Frente Parlamentar para acompanhar a construção e reforma de aeroportos e portos nos municípios amazonenses; a construção de novas hidrovias e a privatização do Rio Madeira. “O setor de logística é um dos que mais me preocupa. Dependemos de logística para promover o desenvolvimento no interior do Estado. Essa Frente Parlamentar foi criada para dar celeridade ao processo, e vamos lutar para que isso aconteça", disse o deputado.
Deixe seu Comentário

Nome:

Email:

Seu email não será publicado
Mensagem:
Leia Também

© Copyright 2016 Portal Flagrante. Todos os direitos reservados.