▸ Agenda Cultural ▸ Artigos ▸ Carnaval ▸ Celebridades ▸ Cotidiano ▸ Cultura ▸ Destaques ▸ Economia ▸ Educação ▸ Entretenimento ▸ Esporte ▸ Eventos Sociais ▸ Festival Folclórico de Parintins ▸ Internacional ▸ Justiça ▸ Lazer ▸ Meio Ambiente ▸ Nutrição ▸ Odontologia ▸ Polícia ▸ Política ▸ Religião ▸ Saúde ▸ Tecnologia ▸ TRANSPORTES ▸ Turismo

Notícias
Compartilhar Imprimir

Cotidiano | VIABILDADE/COMÉRCIO | 12/02/2019 | 09:34 | Por: Portal Flagrante

Avenida das Flores reduz distâncias, integra e aquece o comércio Zona Norte da cidade

A área que mais cresce de Manaus, a Zona Norte, com mais de 500 mil habitantes e uma renda per capta em torno de R$ 750,00, teve sua rotina alterada com a chegada da Avenida das Flores. A via facilitou a vida dos moradores, que tem agora uma ligação direta entre seus 10 bairros e outros pontos da cidade, além de aquecer o comércio e proporcionar mais qualidade de vida.  

Os 11,1 quilômetros de asfalto, se somados aos 6,3 Km do trecho com a Avenida das Torres, chegam aos mais de 17 quilômetros de estrada serpenteando entre os bairros levando integração, reduzindo distâncias e diminuindo o tempo que a população levava para o trabalho, escola, ou para simples compras e lazer em shoppings da região, como ViaNorte, que ficou mais perto a 20 minutos de ônibus (faixa exclusiva e 28 paradas) ou a 7 minutos de carro.

Os coletivos tem dois pontos no trecho 2, que começa na Avenida Timbiras e vai até a Avenida Noel Nutels; seis paradas estão no trecho 3, entre a Rua Fênix, na Cidade Nova 1, até o Igarapé do Passarinho, no bairro Monte das Oliveiras, conjunto e bairro Nova Cidade; e outras 20 paradas estão ao longo do trecho 4, que inicia no conjunto Galileia e termina no km 20 da rodovia AM-010 (Manaus-Itacoatiara).  No ViaNorte, na Avenida Arquiteto José Henriques Bento Rodrigues, há um terminal urbano integrado ao centro de compras, onde se concentram várias linhas de coletivos

A Avenida das Flores desafogou o fluxo de veículos em grandes eixos, como a Torquato Tapajós, melhorando o trânsito entre as zonas Centro-Sul, Norte e Leste, além de uma alta na valorização imobiliária, principalmente em bairros comerciais como a Cidade Nova em Nova Cidade, onde o comércio registra aumento no fluxo de clientes e vendas.

O Nova Cidade, que tinha 832 habitantes em 1999 e atualmente  possui em torno de 50 mil, segundo o IBGE, hoje tem um shopping (ViaNorte) com mais de 80 lojas e que concentra suas operações em serviços e lazer com um Pronto Atendimento ao Consumidor (PAC), uma unidade do Sebrae, um núcleo do Detran, posto da Secretaria Municipal de Finanças, um hipermercado de atacado e varejo, um cinema com quatro salas, uma VIP, e um parque de diversões com 6 mil metros quadrados de área coberta.

De acordo com a direção do shopping, após a inauguração da avenida o empreendimento registrou um aumento significativo no fluxo de pessoas e de veículos e de público, como no período natalino das compras do final de ano.  

Além do centro de compras, próximo ainda estão localizados o Jardim Botânico Adolpho Ducke e o Museu da Amazônia - MUSA. No bairro de Santa Etelvina, estão o Centro de Treinamento do Detran - AM e o Hospital e Pronto Socorro da Zona Norte.

 

Deixe seu Comentário

Nome:

Email:

Seu email não será publicado
Mensagem:
Leia Também

© Copyright 2016 Portal Flagrante. Todos os direitos reservados.