▸ Agenda Cultural ▸ Artigos ▸ Carnaval ▸ Celebridades ▸ Cotidiano ▸ Cultura ▸ Destaques ▸ Economia ▸ Educação ▸ Entretenimento ▸ Esporte ▸ Eventos Sociais ▸ Festival Folclórico de Parintins ▸ Internacional ▸ Justiça ▸ Lazer ▸ Meio Ambiente ▸ Nutrição ▸ Polícia ▸ Política ▸ Religião ▸ Saúde ▸ Tecnologia ▸ TRANSPORTES ▸ Turismo

Notícias
Compartilhar Imprimir

Política | SAÚDE | 08/02/2019 | 17:42 | Por: Portal Flagrante

Dra Mayara (PP) pede urgência do Governo em projeto que enviará recursos para a Saúde

 
A parlamentar defende que matéria seja enviada ao Poder Legislativo, já na próxima semana
 
 
A presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputada Dra. Mayara Pinheiro (PP), reuniu nessa sexta-feira (8) com deputados e representantes de cooperativas da saúde do Estado, para tratar sobre o atraso no pagamento dos  servidores.  
 
Segundo a progressista, é preciso olhar para essa problemática da Saúde, que passa por uma crise sem precedentes no Estado, atingindo o pagamento de servidores e compra de material básico de atendimento.
 
“Precisamos de planejamento para intervir  e ajudar na melhor forma possível. Vamos agilizar e cobrar do executivo, para que os profissionais possam trabalhar  e a saúde do Amazonas comece a respirar", pontuou Mayara.  
 
Os atrasos no pagamento dos profissionais da saúde já duram cinco meses. Por isso, Mayara ao lado de outros parlamentares, busca soluções imediatas. 
 
Uma delas, é o projeto que prevê a utilização de aproximadamente R$ 300 milhões para a quitação dos débitos, o recurso é do FTI( Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura , Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Amazonas. 
 
“A proposta ainda não foi formalizada. Nós temos a notícia de que está na Casa Civil e deve chegar aqui na Casa na próxima semana. Aí, o projeto será discutido e nós vamos trabalhar para a aprovação, principalmente no que se diz ao remanejamento do recurso do FTI, principal ponto do projeto”, complementou a parlamentar.
 
 Outro problema mencionado pelos médicos  e representantes de cooperativas durante a reunião, foi a interrupção nas cirurgias.
 
“Essa discussão liderada pela Dra. Mayara é fundamental para a retomada na Saúde. O primeiro passo é o pagamento dos servidores, mas depois vamos lutar pela volta das cirurgias”, falou a presidente da Sociedade Amazonense de Patologia Pediátrica (SAPP), Cynthia Almeida.

 

Deixe seu Comentário

Nome:

Email:

Seu email não será publicado
Mensagem:
Leia Também

© Copyright 2016 Portal Flagrante. Todos os direitos reservados.